ARQUIVOS E BUSCAS: janeiro 2012

CENÁRIO NO BRASIL BENEFICIA EMPREENDEDORES

27/01/2012

O Banco Central segue caminho pouco usual e indica que vai continuar a reduzir a taxa de juros no Brasil. Podemos chegar a um dígito, ou seja, menos de 10% ao ano. Taxas baixas são sinônimos de vontade de incentivar a economia (produção e consumo).  Tal cenário tem como moldura um mercado de trabalho que registrou a menor taxa de desemprego (6%), desde 2002. E, como verniz, notícias cada vez menos alvissareiras do mundo europeu: embora diminuído o risco de quebra de bancos lá, o setor bancário ainda apresenta-se vulnerável, como aponta o presidente do Conselho de Estabilidade Financeira, Mark Carney e também presidente do Banco Central do Canadá.
Quem se apoderar dessas informações e estiver à frente de iniciativas que se beneficiem desse momento estará com reais chances de sucesso em seus empreendimentos. O êxito estará ainda mais evidente aos empreendedores do varejo.

' st_title='CENÁRIO NO BRASIL BENEFICIA EMPREENDEDORES' st_url='http://www.textoseideias.com.br/sem-categoria/cenario-no-brasil-beneficia-empreendedores/' >

NIGEL KENNEDY ABRE SÉRIE DE CONCERTOS INTERNACIONAIS DO PROJETO TUCCA MÚSICA PELA CURA

19/01/2012

Série TUCCA MÚSICA PELA CURA

Concertos Internacionais:  NIGEL KENNEDY- Bach plus Fats Waller

Nigel Kennedy (violino), Jarek Smietana (violão), Yaron Stavi (contrabaixo acústico) e Krzysztof Dzeidzic (bateria)

Data: 11 de abril,  21 horas, Duração: 90 minutos, Local: Sala São Paulo, Capacidade: 1500 lugares, Classificação: Livre Preços: Setor IV – R$ 100,00 / Setor III – R$ 150,00 / Setor II – R$ 180,00 / Setor I – R$ 250,00. Ingressos: site da TUCCA (www.tucca.org.br) ou site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br), email ingressos@tucca.org.br ou telefone: 2344.1051 Formas de pagamento: dinheiro, cheque ou cartão de crédito (American Express, Visa, MasterCard ou Diners)

O versátil Nigel Kennedy

Um dos raros artistas eruditos da gravadora Blue Note, por suas incursões no jazz, o violinista abrirá o concerto com a “Sonata No. 2 em La Menor, BWV 1003 para violino solo. Kennedy dividirá o palco com seu trio para executar arranjos próprios das consagradas canções do mito do jazz. Entram no programa “Aint Misbehavin”, “Honey Suckle Rose”, “Black & Blue”  “How can you face me now” e “Viper’s Drag”.

“Tocar Bach e Fats Waller no mesmo show é um sonho para mim. É minha homenagem a esses dois músicos incríveis, mestres em harmonia e melodia”, ressalta o violinista, que também transita com naturalidade no pop e rock e já dedicou gravações a Jimi Hendrix e The Doors, além de ter se apresentado com a banda inglesa The Who.

Nigel Kennedy – que desde o início de sua carreira se divide entre a musica clássica e o jazz – recebeu muitos prêmios, entre eles o de contribuição para a música britânica. Sua gravação do “Concerto para Violino de Elgar” foi altamente aclamada e premiada pela revista Gramophone como Melhor Álbum Clássico do Ano. Um dos marcos de sua carreira foi “As Quatro Estações” de Vivaldi que entrou no Guinness Book of Records como o disco clássico mais vendido de todos os tempos: foram mais de 2 milhões de cópias e o álbum permaneceu no topo das paradas clássicas britânicas por quase dois anos.

Há mais de vinte e cinco anos, Nigel Kennedy é reconhecido como um dos mais virtuosos violinistas do mundo e, sem dúvida, um dos mais importantes na história da música britânica. Sua técnica e talento únicos trouxeram novas e valiosas perspectivas para o repertório musical clássico e contemporâneo.

Sobre o projeto TUCCA Música pela Cura - Criado em 2000, o projeto TUCCA Música pela Cura é realizado com recursos da Lei Rouanet. Anualmente, duas importantes séries musicais são apresentadas. Para o público adulto, a associação realiza a Série TUCCA de Concertos Internacionais, que traz alguns dos mais importantes músicos da atualidade. Desde 2000, mais de 45 concertos foram apresentados, recebendo artistas como Maxim Vengerov, irmãs Labèque, Nelson Freire, Brad Mehldau e Avishai Cohen. Para o público infantil, desde 2002 a Associação realiza a Série TUCCA Aprendiz de Maestro – a única no Brasil de música clássica para crianças –, com textos teatrais e divertidas adaptações de danças e óperas. Em dez anos, mais de 130 apresentações foram realizadas. Toda renda obtida com a venda de ingressos é destinada à assistência multidisciplinar de crianças e adolescentes carentes com câncer.

Sobre a TUCCA - A TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou à família. Em 13 anos de atividade, já tratou mais de 1.500 pacientes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice até 60% acima da média brasileira, igualado somente aos da Europa e dos Estados Unidos. Para otimizar recursos, a TUCCA mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina e aplica os valores arrecadados direta e exclusivamente no que faz a diferença para oferecer o tratamento mais adequado e atingir os melhores resultados. Além do tratamento, atua também em pesquisa, diagnóstico precoce e capacitação de profissionais, e conta com uma equipe multidisciplinar que assiste o paciente e sua família até que fiquem completamente bem.

SÉRIE TUCCA MÚSICA PELA CURA

CONCERTOS INTERNACIONAIS

PROGRAMAÇÃO

23 de maio – PAQUITO D’RIVERA e NY VOICES

20 de junho – LUDWIG VON BEETHOVEN – Nona Sinfonia, com a

Orquestra do Conservatório de Tatuí, sob regência de João Maurício Galindo

19 de setembro – STEVEN ISSERLIS

17 de outubro – TIGRAN HAMASYAN

27 de novembro – PAULO SZOT

Todos os concertos são inéditos no Brasil, com exceção da Nona Sinfonia, apresentada bienalmente na Série.

Preços da Assinatura: Setor IV – R$ 330,00 / Setor III – R$ 570,00 / Setor II – R$ 880,00 / Setor I – R$ 1.000,00. Meia entrada para estudantes com carteirinha e adultos acima de 60 anos.

APRENDIZ DE MAESTRO

PROGRAMAÇÃO

28 de abril –– “O Carnaval do Seu Noé”
Participação de: Raul Barretto, Grupo Pia Fraus e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Regência: Maestro Luís Fidelis
Texto: João Mauricio Galindo
Direção e adaptação: Paulo Rogério Lopes
Assistente de direção: Suzana Rebello

26 de maio –– “Copélia”.
Participação de: Cia. Brasileira de Danças Clássicas e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Regência: Maestro João Maurício Galindo
Direção: Mauro Wrona
Assistente de direção: Paulo Rogério Lopes

16 de junho –– “A Volta ao Circo em Dó Maior e Dó Menor”
Participação de: Cia. La Mínima (Domingos Montagner/Fernando Sampaio), Fabio Esposito e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Regência: Maestro Luís Fidelis
Direção: Paulo Rogério Lopes
Texto: Andréa Bassitt
Assistente de direção: Suzana Rebello

18 de agosto –– “Tal Pai, tal Filho”
Maestro João Maurício Galindo e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Direção: Mauro Wrona
Assistente de direção: Paulo Rogério Lopes

29 de setembro –– “As Mil e Uma Notas”
Participação de: Patrícia Gasppar, Luiz Gulherme, Petrônio Gontijo e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Regência: Maestro Luís Fidelis.
Direção e texto: Paulo Rogério Lopes.
Assistente de direção: Suzana Rebello

20 Outubro -–  “Viagem pelo Brasil”
Participação de: Grupo de Dança convidado e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Participação Especial: Cassio Scapin
Regência: Maestro João Maurício
Direção: Mauro Wrona
Assistente de direção: Paulo Rogério Lopes

15 de dezembro –- “O Soldadinho de Chumbo”.
Participação de Leopoldo Pacheco, Daniel Warren, Ana Paula Chiattone, bailarinos  e Sinfonieta TUCCA Fortíssima.
Regência: Maestro Luís Fidelis. Direção e texto: Paulo Rogério Lopes. Assistente de direção: Suzana Rebello

Todos os espetáculos têm direção de produção de Ângela Dória

Sábados – 11h – Sala São Paulo

Preços da Assinatura: Setor III – R$ 270,00/ Setor II – R$ 330,00 / Setor I – R$ 400,00. Não há meia-entrada.

Preços da Assinatura: Setor IV – R$ 330,00 / Setor III – R$ 570,00 / Setor II – R$ 880,00 / Setor I – R$ 1.000,00.  Meia entrada para estudantes com carteirinha e adultos acima de 60 anos. Ingressos: TUCCA (2344.1051 / 3057.0131), ingressos@tucca.org.br , www.tucca.org.br  ou Ingresso Rápido (4003.1212). Formas de pagamento: dinheiro, cheque ou cartão de crédito (American Express, Visa, MasterCard ou Dinners)

Realização: TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) www.tucca.org.br

Mais informações à imprensa: Textos & Ideias: (11) 2476 1300, com Antônio Mafra antoniomafra@textoseideias.com.br ou Renato Góes (renatogoes@textoseideias.com.br)


' st_title='NIGEL KENNEDY ABRE SÉRIE DE CONCERTOS INTERNACIONAIS DO PROJETO TUCCA MÚSICA PELA CURA' st_url='http://www.textoseideias.com.br/clientes/cultura-de-paz-unesco-brasil-e-eua-lancam-projeto-para-ensinar-respeito-na-escola/' >

BRASIL PRECISA CELEBRAR LANDELL DE MOURA PAI DO RÁDIO

02/01/2012

O Movimento Landell de Moura, criado por voluntários de várias regiões brasileiras, obteve inúmeras conquistas ao longo dos últimos dois anos, como o lançamento de um selo alusivo aos 150 anos de seu nascimento, lançado em 21 de janeiro de 2011 pelos Correios, a concessão póstuma do título de Cidadão Paulistano pela Câmara dos Vereadores de São Paulo, a aprovação pelo Congresso Nacional da inclusão de Landell de Moura no Livro dos Heróis da Pátria, depositado no Panteão Tancredo Neves (que ainda depende da sanção da presidente Dilma Rousseff) e a entrega de um abaixo-assinado com quase 6 mil assinaturas ao ministro da Educação Fernando Haddad, pleiteando a inclusão da saga do padre-cientista no ensino básico pelo Conselho Federal de Educação. O município de Porto Alegre, onde Landell nasceu, declarou 2011 o Ano Landell de Moura de Inovação Tecnológica, numa homenagem cívica que se desdobrou em inúmeras celebrações na região.

A saga de Landell de Moura

Com o conhecimento teórico e a inquietude dos que estão à frente de seu tempo, Roberto Landell de Moura transmitiu a voz humana à distância, sem fio, pela primeira vez no mundo. Foi também pioneiro ao projetar aparelhos para a transmissão de imagens (a TV) e textos (o teletipo). Previu que as ondas curtas poderiam aumentar a distância das comunicações e também utilizou-se da luz para enviar mensagens, princípio das fibras ópticas. Tudo está documentado por patentes, manuscritos, noticiário da imprensa no Brasil e no exterior e testemunhos.

As pioneiras transmissões de rádio aconteceram no final do século XIX, ligando o alto de Santana – o Colégio Santana – à emblemática Avenida Paulista, que hoje abriga diversas antenas de emissoras de rádio e de TV.

Ao transmitir a voz, Landell se diferenciou de Marconi. O cientista italiano inventou o telégrafo sem fios, ou seja, a transmissão de sinais em código Morse (conjunto de pontos e traços) e não o rádio tal como o conhecemos.

As experiências do padre Landell não sensibilizaram autoridades e nem patrocinadores. Pior: um grupo de fiéis achou que o padre “falava com o demônio” e destruiu seus aparelhos.

Mesmo tendo patenteado o rádio no Brasil (1901), Landell não obteve reconhecimento. Decidiu, então, viajar para os Estados Unidos, onde conseguiu, em 1904, três cartas patentes. De volta ao Brasil, quis fazer uma demonstração das suas invenções no Rio de Janeiro, mas, por um erro de avaliação, o Governo não lhe deu a oportunidade. Depois, ele seria “forçado” a abandonar as experimentações científicas. Morreu no ostracismo e o Brasil importou tecnologia para entrar na era das radiocomunicações!

O Brasil tem agora a oportunidade de reconhecer a obra científica de Landell e incluir os seus feitos no currículo escolar obrigatório do ensino básico. É por isso que luta o MLM – Movimento Landell de Moura, integrado por voluntários de diferentes áreas, que construiu um site - www.mlm.landelldemoura.qsl.br – para pleitear esse reconhecimento. Vale registrar que o MLM não tem fins político-partidário, religiosos, financeiros ou de promoção pessoal.

Quem quiser saber mais informações da atuação do Hamilton no caso, acesse: http://www.portaldosjornalistas.com.br/noticias-conteudo.aspx?id=185.

 

' st_title='BRASIL PRECISA CELEBRAR LANDELL DE MOURA PAI DO RÁDIO' st_url='http://www.textoseideias.com.br/homepage/o-jornalismo-fica-menos-inteligente-e-elegante-sem-daniel-piza/' >

CENÁRIO NO BRASIL FAVORECE EMPREENDEDORES

02/01/2012

O Banco Central segue caminho pouco usual e indica que vai continuar a reduzir a taxa de juros no Brasil. Podemos chegar a um dígito, ou seja, menos de 10% ao ano. Taxas baixas são sinônimos de vontade de incentivar a economia (produção e consumo).  Tal cenário tem como moldura um mercado de trabalho que registrou a menor taxa de desemprego (6%), desde 2002. E, como verniz, notícias cada vez menos alvissareiras do mundo europeu: embora diminuído o risco de quebra de bancos lá, o setor bancário ainda apresenta-se vulnerável, como aponta o presidente do Conselho de Estabilidade Financeira, Mark Carney e também presidente do Banco Central do Canadá.
Quem se apoderar dessas informações e estiver à frente de iniciativas que se beneficiem desse momento estará com reais chances de sucesso em seus empreendimentos. O êxito estará ainda mais evidente aos empreendedores do varejo.

' st_title='CENÁRIO NO BRASIL FAVORECE EMPREENDEDORES' st_url='http://www.textoseideias.com.br/sem-categoria/corrupcao-no-brasil-desvia-quase-r-5-bilhoes-em-apenas-tres-anos/' >

TOC TOC REESTREIA COM SUCESSO E SÉRIE MUSICAL NO ESPAÇO VEJA SÃO PAULO AGITA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO

02/01/2012
TOC TOC REESTREIA COM PREÇOS MAIS BARATOS NO TEATRO DAS ARTES - Peça entra em seu quarto ano em cartaz para mostrar o convívio de portadores de Transtorno obsessivo compusivo (Toc) à espera num consultório de especialista; fica em cartaz até 26 de fevereiro. A produção é de LG Tubaldini Jr, da Filmland Internacional, direção de Alexandre Reinecke e no elenco estão Andréa Mattar, Ariel Moshe, Carolina Parra, Didio Perini, Gustavo Vaz, Maria Helena Chira e Sandra Pêra. Nesse dia, iniciamos uma série musical que vai até dia 28. 

VILLA-LOBOS DAS CRIANÇAS VOLTA NO TEATRO DAS ARTES - Atualizada e contextualizada montagem reúne obras do folclore brasileiro, eternizadas por nosso compositor erudito mais popular; Fábio Saltini, Julia Duarte, Ricardo Monastero e Isabely Tomazi estão no elenco, com direção musical de Carlos Bauzys.

NO SESC BELENZINHO PASSOCA APRESENTA SHOW DE LANÇAMENTO DE SUÍTE PAULISTANA. Depois de apresentar trabalhos que exploravam linhas didáticas, ícones da músicas caipiras e sambas inéditos de Adoniran Barbosa, cantor e compositor paulista reaparece com CD de composições próprias. No show de lançamento apresenta-se acompanhado de nove músicos, incluindo quarteto de cordas. 

Mais informações na página Clientes
 

' st_title='TOC TOC REESTREIA COM SUCESSO E SÉRIE MUSICAL NO ESPAÇO VEJA SÃO PAULO AGITA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO' st_url='http://www.textoseideias.com.br/homepage/toc-toc-dia-6-villa-lobos-dia-14-e-passoca-dia-25-sao-os-primeiros-trabalhos-nossos-de-2012/' >